Orquestra dos médicos comemora 25 anos

A Orquestra Filarmônica dos Médicos do Hospital Israelita Albert Einstein, regida pelo Maestro Nasari Campos, comemora 25 anos com um concerto especial.
A Orquestra, que nasceu da vontade que alguns médicos tinham de se encontrar e tocar juntos, foi formada pelo dr. Jaques Pinus, cirurgião, que convidou a pianista internacionalmente conhecida Maria José Carrasqueira para opinar sobre a efetivação de uma orquestra filarmônica com os talentos que existiam no Hospital. Ela prontamente indicou o Maestro Nasari Campos que, não só aceitou o desafio de organizar e transformar o pequeno grupo numa Orquestra, como até hoje está à sua frente.
Na apresentação especial de fim de ano de 2014, o público pode contribuir com o Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis doando roupas para bebês de 0 a 1 ano.

Serviço:
Uma história de amor – 25 anos da Orquestra Filarmônica dos Médicos do Hospital Israelita Albert Einstein
18/novembro às 20h30
Auditório Moise Safra – Av. Albert Einstein, 627 – entrada 1 – Morumbi

Anúncios

Mestrado tem inscrições abertas

O Programa Acadêmico em Ciências da Saúde da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein tem como objetivo formar profissionais capacitados para pesquisa e ensino em instituições de ensino superior, institutos de pesquisa, empresas voltadas para saúde e biotecnologia e setores de gestão de saúde. São 40 vagas e o programa é gratuito para todos os aprovados. Essa pós-graduação strictu-sensu é constituída por uma única área de concentração dedicada à Pesquisa em Ciências Médicas, com linhas de pesquisa e projetos de caráter básico, fisiológico e fisiopatológico ou relacionados a aspectos diagnósticos, de tratamento e de prevenção de doenças transmissíveis e não transmissíveis. Os orientadores estão agrupados em suas respectivas linhas de pesquisa, que são envelhecimento, medicina crítica, medicina molecular e neurociências.

Inscrições no portal http://www.einstein.br/ensino até 16/janeiro/2015

Encontro promove divulgação de neurociências para crianças

A autora Adriana Foz estará no próximo dia 31 de outubro no Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis – PECP, para conversar com as crianças e adolescentes do Programa e educadores, sobre neurociências e o livro “As aventuras de Newneu – o superneurônio”.

O livro, lançado pelo Instituto do Cérebro (InCe) do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa (IIEP), em parceria com a educadora e neuropsicóloga Adriana Fóz, traz uma linguagem ideal para crianças, explica o funcionamento do cérebro e o que são as neurociências. As aventuras de Newneu é o primeiro livro infantil, dedicado ao ensino da neurociência em língua portuguesa.
“As aventuras de Newneu – O superneurônio” conta as histórias de Newton Neuron (Newneu), um neurônio muito esperto, que vive no cérebro do menino Albert Spertoviski. Utilizando várias associações com o universo das crianças, como o futebol e os games, o livro elucida questões como as sinapses, as partes do cérebro ou como fazer para o cérebro ficar mais esperto.

aventurasPEC Paraisópolis
31 de outubro às 15h
Av. Ernest Renan, 1068 – Paraisópolis – São Paulo

Congresso traz atualidades em neurociências

Nos dias 10 e 11 de outubro, o IIEP sedia o V Congresso Internacional de Atualização em Neurociências, em parceria com a Cleveland Clinic. A principal temática que envolve o evento são as doenças que afetam o sistema nervoso central, que causam grande impacto na saúde pública no Brasil e no mundo, tanto por sua incidência quanto pela mortalidade e morbidade.
Com o aumento da expectativa de vida atual, como continuar vivendo de maneira saudável e produtiva? O congresso vai discutir as fronteiras da pesquisa básica e sua tradução em prática clínica cotidiana.
Neste evento serão abordados tópicos em neurologia, neurocirurgia e neurociências desde o diagnóstico até o processo de reabilitação. O evento conta com a participação de renomados cientistas nacionais e internacionais.
Serão abordadas novas técnicas para monitorização e condutas em neurointensivismo, técnicas de neuroimagem como PET/RM, biomarcadores de ressonância magnética, novos marcadores para PET em neurologia, além dos tratamentos e pesquisas de fronteira em epilepsia, esclerose múltipla, neuroimunologia, acidente vascular cerebral, neuroreabilitação, neurogenética e novas perspectivas na abordagem de pacientes com transtornos do movimento.

Serviço:
V Congresso Internacional de Atualização em Neurociências Hospital Israelita Albert Einstein e Cleveland Clinic
10 e 11 de outubro
Auditório Kleinberger – Av. Albert Einstein, 627 – Morumbi – São Paulo

Presidente do Einstein assume na Academia de Medicina de São Paulo

claudio

O presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, Dr. Claudio Lottenberg, foi nomeado para a cadeira de número 60 da Academia de Medicina de São Paulo. A Academia, entre outros objetivos, realiza eventos científicos e promove e dissemina a atualização dos médicos.
Dr. Claudio assume a cadeira cujo patrono é Líbero Badaró, que foi médico e jornalista, defensor da liberdade de imprensa e de expressão.
A posse acontece amanhã, 2 de outubro na sede da Associação Paulista de Medicina.

Serviço:
Posse de Claudio Lottenberg como acadêmico na Academia de Medicina de São Paulo
02 de outubro às 12h
Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278, 11º andar – São Paulo

Entrega do prêmio DAISY

A Fundação DAISY (Diseases Attacking the Immune System) foi criada em 1999 com o intuito de reconhecer o trabalho de enfermeiros que se destacam no atendimento aos seus pacientes e este ano o Hospital Israelita Albert Einstein, em parceria com a fundação, trouxe ao Brasil o Prêmio DAISY. A indicação para o prêmio é feita por pacientes, familiares e funcionários e o Einstein teve 138 funcionários indicados ao prêmio. A premiação acontece dia 23 de setembro com a participação dos criadores do prêmio. Os vencedores receberão a estatueta Toque de Cura e o certificado da Fundação DAISY, além de ter sua foto divulgada no site oficial da Fundação. A fundação nasceu em agradecimento aos enfermeiros que cuidaram com dedicação e carinho do paciente J. Patrick Barnes, que sofria de uma doença autoimune. A família de Barnes criou a Fundação DAISY e iniciou um processo de reconhecimento dos profissionais da enfermagem em todo mundo.

Evento: Prêmio DAISY
Data: 23/setembro
Horário: 10h30
Local: Auditório Kleinberger – Av. Morumbi, 627 – Morumbi

O que esperar da medicina e da saúde no futuro

Fórum reúne em São Paulo médicos e pensadores e propõe definição sobre a medicina do amanhã

São Paulo, 10 de setembro de 2014 – Nos dias 19 e 20 de setembro o Hospital Israelita Albert Einstein realiza, por meio do seu Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa (IIEP), o 1º Fórum A Medicina do Amanhã para discutir questões inerentes ao desafio profissional do médico e as questões de saúde dentro e fora dos hospitais nos próximos 20 anos.

Convidados especiais como o Dr. Sydney Brenner, ganhador do Prêmio Nobel de medicina em 2002 por seu trabalho sobre regulação genética dos órgãos e a morte celular programada, falará sobre o futuro das pesquisas com células-tronco, enquanto o autor do livro Unaccountable (livro que causou polêmica nos Estados Unidos ao mostrar o que os hospitais não mostram aos pacientes), dr. Martin Makary, irá mostrar como a transparência pode revolucionar o sistema de saúde.
Um outro tema fundamental para a discussão da medicina do amanhã é a abordagem sobre as novas fronteiras da medicina, que será feita pelo dr. Kaveh Safavi, diretor global de saúde da Accenture. Dentro de seu tema, vai apresentar as tendências na saúde e medicina para os próximos anos com exemplos de inovações e tecnologias que estão surgindo. Da mesma forma, abordar como será um dia na vida do profissional de saúde, no hospital do ano 2020, e qual é o perfil do médico nas próximas décadas, é de vital importância para entender qual caminho seguir. A dra. Joan Hankin, diretora de health IT da Intel apresentará tecnologias que já estão invadindo hospitais de ponta no mundo e como isso impactará na vida dos profissionais e dos pacientes. Um dos mais importantes imunologistas do mundo, António Coutinho, e o prof. Gerald Kraines, da Harvard Medical School, participam do debate sobre a importância da formação de médicos líderes.

O evento é voltado para médicos, profissionais de saúde, estudantes de áreas correlatas e gestores de saúde. As palestras e debates estão divididos em três módulos na sexta: envelhecimento, inovação e qualidade & segurança; e três módulos no sábado: pesquisa, tecnologia e educação.

Serviço:

1º Forum A Medicina do Amanhã

19 e 20 de setembro

Auditório Moise Safra – Av. Albert Einstein, 627 – Morumbi

Informações e programação: http://apps.einstein.br/medicina-do-amanha/index.html