Preocupação relatos de envolvimento do PCC com Hezbollah

A Confederação Israelita do Brasil vê com muita preocupação os relatos de envolvimento do PCC com o Hezbollah no tráfico de armas e drogas.

Segundo matéria do jornal O Globo publicada neste domingo, documentos da Polícia Federal e do serviço de inteligência do Brasil apontam que traficantes ligados ao grupo terrorista Hezbollah formaram uma associação com integrantes do Primeiro Comando da Capital, o PCC. Relatórios da PF apontam que a sociedade começou a ser montada em 2006.

A Conib reitera sua confiança nas autoridades brasileiras no sentido de combater com máximo rigor a presença dessa organização terrorista em solo brasileiro e em nossas fronteiras.

Anúncios

Rabina assume vice-presidência executiva da Memorial Foundation

Jeni_Friedman

A rabina norte-americana Jeni Friedman assumirá o cargo de vice-presidente executivo da Memorial Foundation for Jewish Culture, em substituição a Jerry Hochbaum, que se aposenta após 40 anos de trabalho na fundação. Ele emigrará para Israel.

Friedman foi aluna do programa Nahum Goldmann Fellowship da fundação. Ordenada no Seminário Teológico Judaico Americano, foi rabina-associada do Temple Beth Shalom, em Roslyn Heights, NY, de 2005 a 2010. Ela agora trabalha para obter o título de PhD em Educação e Estudos Judaicos, na New York University.

A Memorial Foundation foi fundada em 1965 com fundos de reparação por parte do governo da então Alemanha Ocidental. Seu objetivo inicial foi a reconstrução da vida cultural judaica em todo o mundo após o Holocausto. Hoje, ela busca preservar a distinção cultural judaica, apoiando a formação de líderes comunitários e profissionais competentes. Por meio de bolsas de estudo, visa promover a conexão judaica globalmente e desenvolver o capital social do povo judeu.

O secretário-geral da Conib, Fernando Lottenberg, é secretário da Memorial Foundation. Ele é o primeiro latino-americano a participar da diretoria da fundação.

FIRS denuncia casos de antissemitismo no Rio Grande do Sul

FIRS

Representantes da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS) e de suas entidades filiadas participaram nesta terça, 2 de setembro, de audiência com o Procurador–Geral de Justiça, Eduardo de Lima Veiga. Eles entregaram-lhe uma representação contendo todas as denúncias de casos de antissemitismo ocorridos no Estado durante o último conflito no Oriente Médio.

“Repudiamos o racismo e o antissemitismo. Ambos proliferam e encontram, de tempos em tempos, guarida junto a diferentes grupos. Sob o disfarce de causas nobres, têm florescido, não só no Brasil, mas em diversos outros países e continentes. Infelizmente, o conflito em Gaza fez aflorar um antissemitismo virulento, com manifestações racistas, discriminatórias, como poucas vezes se viu desde a Alemanha nazista”, explicou o presidente da entidade, Mario Cardoni.

A FIRS aguarda o encaminhamento do material à Promotoria Criminal, para apuração de prática delituosa. Para Eduardo de Lima Veiga, é urgente a necessidade de aprender a conviver com as diferenças.

Conib e Fisesp reúnem-se com Ministério Público Federal e Estadual

FIsesp_Conib
Representantes da Conib e da Fisesp reuniram-se nesta quarta, 3 de setembro, em São Paulo com representantes dos Ministérios Públicos Federal e Estadual.

Acompanhados pelo promotor de Justiça Roberto Livianu, Fernando Lottenberg, Octavio Aronis, Lionel Zaclis, Fernando Rosenthal, Rony Vainzof e Rafael Ellis Reuben reuniram-se com o subprocurador-geral de Justiça Institucional do MPE-SP, Gianpaolo Poggio Smanio e com a procuradora da República, Melissa Blagitz Silva, para abordar as frequentes e cada vez mais agressivas manifestações antissemitas na internet, redes sociais, nas ruas e nas campanhas eleitorais.

Os representantes das entidades judaicas expressaram preocupação com essas manifestações, que se acirraram com o conflito em Gaza, e com a importação do conflito para o Brasil.

Eles ressaltaram que as comunidades judaica e árabe sempre conviveram em paz no país e que a comunidade judaica brasileira, apesar de sua relação sentimental com Israel, não representa o Estado judeu.

O promotor, o subprocurador-geral e a procuradora expressaram indignação diante do material apresentado e manifestaram apoio à comunidade, dispondo-se a ajudar nos encaminhamentos legais devidos.

Ensinamentos de islamismo e judaísmo para a paz

debate_2
Em um debate, promovido pela CIP e pela Conib, e que teve como mediador o sociólogo Demetrio Magnoli, entre Michel Schlesinger, rabino da Congregação Israelita Paulista (CIP) e representante da Conib para o diálogo inter-religioso, e o xeque Houssam Ahmad El Boustani, que ensina no Brasil islamismo e língua árabe, sob os auspícios do Movimento Futuro, do Líbano.
O evento aconteceu no Teatro Eva Herz, da Livraria Cultura, em São Paulo, e recebeu um publico de muçulmanos e judeus que lotou o teatro.
“Ensinamentos de islamismo e judaísmo para a paz”, evoluiu para a discussão de questões políticas e históricas, com grande participação do público e visível entusiasmo do xeque, por poder falar também para os judeus.

Concurso de Redações Anne Frank leva estudante mineiro a Amsterdã

anne

No âmbito de seu Programa Anne Frank Brasil, a Confederação Israelita do Brasil (Conib), em conjunto com a Federação Israelita do Estado de S. Paulo e com o apoio do Arquivo Histórico Judaico Brasileiro e da Casa Anne Frank, realizou a segunda edição do Concurso Nacional de Redações da Rede de Escolas Anne Frank Brasil, destinado exclusivamente aos alunos desta rede.

O tema da redação: “Anne Frank e a Preservação da Memória”. Participaram alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental das escolas públicas Anne Frank de Belo Horizonte, Palmas, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.

O vencedor nacional é Willian Junio Moreira de Souza (9º ano), da escola de Belo Horizonte. Seu prêmio: uma viagem à Holanda, entre 24 e 31 de agosto, para visitar a Casa Anne Frank e a Amsterdã judaica. Será acompanhado por Karen Didio Sasson, diretora executiva da Conib; Alberto Milkewitz, diretor institucional da Fisesp; por Rouse, sua professora, e por seu irmão Wesley.
A vencedora da categoria para alunos do 6º ao 9º ano é Lídia Helen Oliveira Lopes (9º ano), também da escola de Belo Horizonte. Ela ganhou um tablet. Alunos das escolas de Palmas e Porto Alegre também foram premiados.

Conib manifesta pesar pela morte de Eduardo Campos

A Confederação Israelita do Brasil lamenta profundamente a morte de Eduardo Campos, candidato do PSB/Rede à Presidência.

O presidente da Conib, Claudio Lottenberg, afirmou que Campos demonstrou grandes méritos para, ainda jovem, chegar a uma posição de destaque na política brasileira. “Sofremos uma grande perda”.

Lottenberg lembrou a proximidade de Campos com a comunidade judaica e o Estado de Israel, desde a época em que foi ministro da Ciência e Tecnologia e conheceu os avanços em pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica de Israel.

Ele foi o anfitrião da Conib no dia de Recordação das Vítimas do Holocausto, em 2010, no Recife.

Em 25 de maio deste ano, encontrou-se com líderes da comunidade judaica, em São Paulo, para expor suas ideias.