Jonathan Medved fará palestra na Comunidade Shalom

Um dos maiores líderes mundiais do empreendedorismo, Jonathan Medved fará uma palestra na Comunidade Shalom. O americano, que mora em Israel, é considerado “o rei do star-up” e vai dar dicas de como se tornar um empresário bem-sucedido.  Domingo, 25/11, às 18h. Endereço: Rua das Fiandeiras, 295 – Vila Olímpia. Informações com Leny: leny@shalom.org.br. A palestra será em inglês.

Anúncios

A educação judaica liberal em debate

Pode a educação judaica liberal sobrepor-se à identidade e ao antissemitismo? Há apenas uma identidade judaica para se educar? Para responder estas e outras questões, a Sociedade Amigos da Universidade Hebraica de Jerusalém, em conjunto com a Congregação Israelita Paulista (CIP), a Comunidade Shalom e a Congregação Beth El, realizaram um bate-papo com a presença do especialista na área de Antropologia da Educação, Prof. Zvi Bekerman, Ph.D, da Universidade Hebraica de Jerusalém.

O evento contou com a presença de cerca de 150 pessoas, além da participação especial de todos os rabinos das três congregações participantes, Rabino Adrian Gottfried, Rabina Luciana Pajecki Lederman e Yonatan Szewkis (Comunidade Shalom), Rabino Michel Schlesinger, Rabino Ruben Sternschein e Rabino Uri Lam (CIP) e Rabino Yehuda Gitelman (Beth El).

O presidente da Congregação Beth-El, Daniel Feffer, abriu o evento ressaltando o significado da noite, onde as 3 sinagogas liberais estavam unidas para discutir um tema tão importante como a educação judaica e sua identidade, e aproveitou para lançar um desafio: “Quero sugerir aqui para que nós, as 3 congregações juntas, com o apoio da Universidade Hebraica, pensemos em um grande evento de Tu Bishvat em janeiro, em algum grande parque da cidade, demonstrando cada vez mais a nossa união”, concluiu Feffer.

O professor Zvi Bekerman falou para um atento público sobre a visão do novo modelo, diante dos desafios da identidade e educação judaica: “Não existe uma receita pronta para os desafios da educação, mas noites como a de hoje mostram que cada vez mais nós judeus temos que nos juntar para compartilhar espaço e conhecimento. Temos que parar de apenas pensar e falar, para começar a agir”, disse o professor Bekerman.

Eventos musicais na Comunidade Shalom

O concerto Multipiano, realizado em 19 de agosto na Comunidade Shalom, em São Paulo, emocionou ao público presente. No espetáculo, quatro pianistas da prestigiosa  Escola de Música Buchmann-Mehta, da Universidade de Tel-Aviv, tocaram simultaneamente peças de grandes compositores. Na foto de Georges Perenyi, Eva e Mario Adler posam ao lado dos pianistas.

Rami Kleinstein, um dos cantores e compositores mais aclamados do rock israelense, também fez  show na Comunidade Shalom, em 11 de agosto. Rami, com seu piano e interpretação, animou a plateia em apresentação acústica intimista. Na foto, Rami e a juventude da Shalom, o NOAM.

Comunidade Shalom promove concerto em São Paulo com pianistas israelenses

No dia 19 de agosto, os músicos da Universidade de Tel-Aviv vão se apresentar no Projeto Multipiano.

A Comunidade Shalom e a Sociedade Brasileira dos Amigos da Universidade de Tel Aviv  oferecem ótima oportunidade cultural para a cidade de São Paulo, ao trazerem  quatro excelentes pianistas da prestigiosa  Escola de Música Buchmann-Mehta.

A escola faz parte faz parte da Universidade de Tel-Aviv e tornou-se realidade em 2005 graças à generosa doação do empresário Josef Buchmann e a visão do Maestro Zubin Mehta, que tem estado ativamente envolvido na Escola desde a sua criação e conduz a orquestra da escola regularmente.

O maestro Zubin Mehta é o renomado e talentoso regente vitalício da Orquestra Filarmônica de Israel, e, recentemente, patrono da Orquestra Sinfônica de Heliópolis, São Paulo.

A Escola Buchmann-Mehta prepara as futuras gerações de músicos de Israel em todos os domínios musicais: execução, canto, regia, composição e pesquisa teórica, enfatizando a formação de uma nova geração tocadores de orquestra – uma cabedal de músicos para a Orquestra Filarmônica de Israel e outras orquestras  internacionais.

Um programa de bolsas concedido a alunos que se destacam, incluindo sete brasileiros, permite que os jovens músicos se dediquem integralmente aos estudos e à prática.

Nesta viagem para o Brasil, quatro virtuoses virão se apresentar no Projeto Multipiano, uma forma inovadora de tocar, em que os pianistas por vezes tocam juntos num mesmo instrumento extraindo toda a sua potencialidade. Esta linguagem mais vibrante tem expandido o horizonte da música clássica angariando novos admiradores entre uma população mais jovem. O próprio maestro Zubin Mehta apoia e recomenda fortemente este projeto.

Entre os quatro talentosos pianistas que virão para se apresentar no Brasil, o projeto contará com a presença do célebre Tomer Lev, primeiro diretor da Escola de Música Buchmann-Mehta e pianista reconhecido internacionalmente. Também estará em São Paulo a jovem, mas já aclamada, Berenika Glixman, que apresentou-se como solista com a Orquestra Filarmônica de Israel sob a regência de Zubin Mehta, além de dois jovens já estrelas em seus domínios, Yuval Gilad, recentemente aceito no Programa de Jovens Artistas do Carnegie Hall, de Nova York, e  Daniel Borovitzky, vencedor de grandes competições internacionais, como a Competição Jovem Piano, em São Petersburgo, Rússia, e a compe­tição de piano Rigei Si, em Israel. Na apresentação, haverá momentos em que os quatro pianistas tocarão ao mesmo tempo nos dois pianos de cauda em cena.

No concerto, que acontecerá na Comunidade Shalom no dia 19 de agosto às 18h30, os presentes poderão apreciar obras de Rachmaninoff, Bach,   Tchaikovsky, Rossini e outras belas peças para pianos.

No local haverá monitores especiais para crianças de 3 a 7 anos – assim seus pais poderão assistir ao concerto sem preocupações. Ingressos podem ser adquiridos na Comunidade Shalom com Leny – leny@shalom.org.br ou pelo telefone 3847-0008.

Jantar Aniversário

O aniversário de 50 anos do Rabino Adrian e o de 15 anos de trabalhos ininterruptos junto à Comunidade Shalom serão celebrados com um jantar dia 27 de maio de 2012, domingo, às 19h00. Na ocasião será comemorada também a criação do Fundo Rabino  Marshall T. Meyer, que permitirá a expansão do trabalho espiritual, atendendo a todas as necessidades de uma sinagoga do século XXI.