Animação marca baile para a terceira idade organizado pela Fisesp

DSCN5233Com o objetivo de  reunir participantes de todos os grupos de terceira idade da comunidade judaica, a Federação Israelita do Estado de São Paulo, em parceria com a Unibes e  a A Hebraica, promoveram no dia 22 de maio, no Espaço Adolpho Bloch, de A Hebraica,  o  “Baile 60 para os 60”.

Mais de 300 pessoas participaram da descontraída tarde que foi animada por Luis  Loy e Banda, com canções que marcaram época nos anos 60, além de muita música judaica. Monitores e instrutores de dança garantiram a alegria na pista, que não ficou vazia durante toda a tarde.

Segundo Carmen Nahaissi e Sueli Schreier, da Área da Terceira Idade, da Fisesp,  “esta foi uma excelente oportunidade para o público da terceira idade se divertir de maneira descontraída,  conhecer pessoas e fazer novas amizades.  Vamos repetir a iniciativa de sucesso no próximo ano”.

Mais de 900 alunos participam dos Jogos Macabeus Escolares Pan Americanos

macabiadas_escolares_2014-6676A Hebraica de São Paulo recebeu no fim de abril os participantes dos Jogos Macabeus Escolares para um encontro esportivo e de congraçamento, mas também repleto de emoção, homenageando Guiora Esrubilsk, um dos grandes líderes do movimento macabeu falecido recentemente.

A realização dos jogos, feita em parceira com a Confederação Brasileira Macabi, visou fortalecer, integrar e prestigiar as escolas judaicas e despertar nos alunos o espírito macabeu. A alegria e a confraternização contagiaram inclusive os pais e familiares que acompanharam as delegações.

Assim os primeiros Jogos Macabeus Escolares Pan Americanos foram realizados com a participação de 16 escolas: CIAM de Manaus; Moysés Chvarts de Recife; Theodor Herzl de Belo Horizonte; ORT, Eliezer Max, A.Liessen, THT Barilan do Rio de Janeiro; Renascença, Peretz, Iavne, Yeshivá de Cotia, Alef e Beit Yaacov de São Paulo; Salomão Guelmann de Curitiba; CIB de Porto Alegre e Martin Buber da Argentina.

Foram doze modalidades competitivas, tanto no masculino como no feminino, e muitas atividades culturais e confraternização. Durante o desfile de abertura, uniformes multicoloridos e roupas especiais marcaram presença, além de um show com acrobatas e uma surpresa: a participação da carismática Maurren Maggi, que monopolizou as atenções no acendimento da pira dos Jogos. Os dirigentes Daniel Bialski, Avi Gelberg, Abramo Douek, Celso Jatene, Sami Stokfisz e Moisés Shnaider também estiveram presentes.

Onze entidades judaicas comemoram juntas os 66 anos de existência do Estado de Israel

Representantes+das+entidades+-Crédito+Flavio+Mello+Hebraica+SP (1)

Representantes das entidades

Os 66 anos do Estado de Israel foram comemorados com muita emoção na  celebração conjunta de  Yom Haatzmaut, que aconteceu nesta terça-feira, 06 de maio, no Teatro Arthur Rubinstein , da A Hebraica. O evento resultou de uma parceria da A Hebraica, Agência Judaica, B´nai B´rith, Emunah, Fundo Comunitário, KKL, Lar das Crianças da CIP, Na´amat Pioneiras São Paulo, Organização Sionista Mundial, Unibes e WIZO São Paulo.

As apresentações do coral Sharsheret da WIZO, sob regência da maestrina Sima Halpern  e da cantora Regis Karlik,  marcaram a festiva programação, que também contou  com a exibição de dois emocionantes filmes sobre Israel, cedidos pela Agência Judaica e pelo Fundo Comunitário.  A comemoração, que teve como mestre de cerimônias a jornalista Silvia Perlov,  também teve um momento solene quando o chazan Marcio Besen  fez a leitura do El Male Rachamim e  da Tfilá  Le Medinat Israel.

Discursaram durante o evento Anita Nisenbaum, diretora da Feliz Idade de A Hebraica, Ricardo Berkiensztat,  presidente executivo  da Fisesp, Lucia Barnea,  esposa do cônsul geral  de Israel em São Paulo  e Olga de Salomon, diretora da UNIBES, que falou em nome das onze entidades participantes.   Em suas falas todos enfatizaram a importânciada existência do Estado de Israel, bem como a  ligação do Estado Judeu com a  Diáspora e vice-versa.

Uma grande chuva de pétalas encerrou o evento União em Yom Ha’atzmautque contou com o apoio da Embaixada de Israel no Brasil, do Consulado de Israel em São Paulo e da Fisesp.