Festival de Chazanim

Imagem

2014recital-chazanim_email

Anúncios

Evento com Jon Medved, um dos líderes mundiais do empreendedorismo

Jon Medved

A Câmara Brasil Israel de Comércio e Indústria e a Missão Econômica de Israel no Brasil realizam no dia 29 de setembro, às 8h, no Auditório do Banco Daycoval (Av. Paulista 1793), café-da manhã – palestra com o israelense Jon Medved, considerado “o rei das start ups”, com o tema: “Update from the StartUp Nation: what can we learn from Israeli innovation?”.

Reconhecido por suas empresas multimilionárias e pelo enorme sucesso em seus negócios, Medved, que é CEO da Ourcrowd, uma plataforma de e-commerce que possibilita investir em mais de 50 start ups israelenses, foi considerado pelo Washington Post um dos principais capitalistas de alto risco em tecnologia e nomeado pelo The New York Times como um dos 10 americanos mais influentes em Israel.

Ele investiu em mais de 100 start ups israelenses, das quais 12 chegaram a valorizações superiores a $ 100 milhões de dólares. Sempre à frente de seu tempo e sem medo de investir, cativou audiências nos últimos 20 anos falando sobre o surgimento da inovação econômica de Israel.

A palestra será em inglês (sem tradução). O evento acontece com apoio da ABVCAP, Anjos do Brasil e Banco Daycoval

Evento: Café-da manhã- palestra com Jon Medved com o tema “Update from the StartUp Nation: what can we learn from Israeli innovation?”
Data: 29 de setembro de 2014
Horário: 8h
Local: Auditório do Banco Daycoval (Av. Paulista 1793)
Inscrições: eventos@cambici.org.br – vagas limitadas

Judeus iniciam as comemorações do Ano Novo Judaico e do Iom Kipur (Dia do Perdão)

Quando aparecer a primeira estrela na noite de 24 de setembro, cerca de 120 mil judeus de todo o país vão iniciar as comemorações de duas das datas mais significativas e importantes do calendário judaico: o Rosh Hashaná, Ano Novo Judaico, e o Iom Kipur, o Dia do Perdão.

Durante este período, comemora-se a criação do homem e todos são convidados a refletir sobre seusrelacionamentos com os demais seres humanos, questionando tudo o que foi feito de errado e como pode ser corrigido.

Alimentos simbólicos – O Ano Novo Judaico começa com uma celebração solene e também festiva da chegada do ano 5775. Vários alimentos simbólicos são ingeridos na refeição da primeira noite de Rosh Hashaná, entre eles, maçã com mel, para que se tenha um ano doce, chalá (pronuncia-se ralá), um pão em formato redondo, que simboliza a continuidade e o desejo de um ano sem conflitos e romã, para que os méritos sejam numerosos como suas sementes. O peixe é uma tradição: sempre nada para frente e sua cabeça pode ser oferecida ao decano da mesa como deferência especial. Ingredientes como vinagre ou raiz forte devem ser evitados, para que o ano não seja amargo.

Nas sinagogas, as orações incluem o toque do Shofar, instrumento feito de chifre de carneiro e que nos avisa da chegada dos “Dez dias de Arrependimento”, que começam com Rosh Hashaná e culminam com Iom Kipur.

Ao anoitecer de 03 de outubro tem início o Iom Kipur. Esta é considerada a data mais sagrada do calendário judaico, em que se faz jejum para atingir uma introspecção completa e pede-se o perdão dos pecados cometidos.

Sobre a importância de Rosh Hashaná

Para falar sobre as tradições pertinentes ao Rosh Hashaná, a Na’amat Pioneiras São Paulo recebeu em sua Sede, na segunda-feira, 22 de setembro, Hana Slonim, do Beit Chabad de Perdizes.

Ela deu detalhes sobre a importância de ouvirmos o toque do Shofar, de acendermos as velas, da tzedaká e de praticarmos a cashrut nos jantares de Rosh Hashaná.

Hana reforçou o pedido para que as chaverot compareçam à Sinagoga para ouvir o toque do Shofar em Rosh Hashaná. “Quando tocamos o Shofar fazemos descer uma luz divina, mais forte que a luz do ano anterior, tanto em quantidade como em qualidade, e é essa luz que vai iluminar o mundo por todo o ano”, destacou.
pioneiras

SHOW DO PERETZ MARCA LANÇAMENTO DE CD

peretz cd

No último domingo (14/9), o Colégio I. L. Peretz realizou seu show DARKEIHARIKUDIM (Caminhos das Danças), unindo música, teatro, canto e dança, o que evidenciou o talento de todos os participantes: pais, alunos e professores.
Em duas sessões, mais de 300 participantes apresentaram cultura e tradição, unindo o tema escolhido pela ONU, o da Agricultura Familiar, às raízes judaicas do Colégio e aos vínculos da comunidade escolar com Israel.

Com muito bom humor, alunos revezavam-se no palco, fazendo o papel de apresentadores, narrando as danças, anunciando as canções do coral e as músicas interpretadas pela banda formada por professores e músicos.

“Com esse espetáculo, valorizamos o trabalho que as crianças tiveram no decorrer do ano”, declarou Carlos Dorlass, diretor geral do Peretz. E acrescentou: “O show é uma forma que os alunos têm de praticar a concentração, disciplina e outros fatores que consolidam todo o aprendizado, além de mostrar a sintonia e o sincronismo entre o colégio e as famílias”.

Para Gingi, coordenador geral do show, o espetáculo mostrou um pouco da cultura e tradição judaicas, integrando de uma forma artística a agricultura familiar, o Judaísmo e Israel. “O que seria de Israel sem a agricultura, das famílias que emigraram para lá, da cultura que cada um trouxe consigo e que hoje está presente em cada cantinho desse país e, ao mesmo tempo, dispersa pelo mundo?”, indagou ele.

Jewish IN encerra o ano de 5774 de modo animado

jewish in 2

Na última 3ª feira (16/9), a Associação Cultural Jewish IN, presidida por Charles E. Tawil, organizou um happy hour para se despedir de 5774 e saudar o ano novo que se aproxima.
O evento aconteceu no Dezoito Bar & Movement, reunindo muita gente charmosa, animada e bacana.
A noite atraiu novas pessoas que logo se entrosaram com os já frequentadores da Jewish IN, cumprindo seu objetivo de ser o ponto de encontro dos jovens de 25 a 45 anos da comunidade. Nesse sentido, em conversas animadas, alguns já ficavam imaginando e sugerindo os próximos eventos da Associação.