B’nai B’rith premia finalistas de projetos sobre racismo nas principais capitais do país

Premiação do concurso de redação

Com a solenidade realizada no último dezembro no Rio de Janeiro, o Instituto Shoá de Direitos Humanos da B’nai Brith encerrou o ciclo de 2013 do programa de Ensino da História do Holocausto em Defesa da Democracia e Cidadania nas escolas públicas de São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Promovido há mais de dez anos, em parceria com universidades e instituições da sociedade civil, engloba as jornadas para educadores e concursos de redações para os alunos da rede municipal e estadual de ensino.  

CONCEM201lugarEm São Paulo, a iniciativa conjunta do Instituto Shoah de Direitos Humanos da B’nai B’rith e LEER/USP reuniu 1.200 professores no Memorial da América Latina, no maior evento mundial oferecido a educadores sobre o ensino da história do Holocausto. O Concurso de Redações, em São Paulo, com o tema: “Sobreviventes do Holocausto: a menina e sua boneca” contou com mais de 100 redações em sua fase final e 10 alunos foram premiados.

Nas diversas capitais, este trabalho vem gerando bons frutos com o desenvolvimento de atividades pelos próprios alunos, incluindo teatro, coral, vídeos, intercâmbio, entre outros.

O presidente da B’nai B’rith  do Brasil, Abraham Goldstein, afirma que “em 2014 o projeto poderá ser realizado também em Curitiba, Salvador e Belo Horizonte”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s