Alunos do Peretz visitam Centro Antigo de São Paulo

43 alunos do 9º ano do Colégio I.L Peretz fizeram uma incursão no mundo das artes, história e finanças ao visitar o Centro antigo da cidade de São Paulo.

O que poderia parecer uma aventura foi o ponto de partida para diversas pesquisas e atividades iniciadas durante a própria visita aos locais elencados pelos professores de Geografia, História, Artes e Educação Financeira sob a coordenação da professora Melanie Grun, coordenadora da área de Ciências Humanas do Peretz, e que se estenderão pelas aulas das respectivas disciplinas.

DSC00033A turma desceu no metrô Sé, onde já foram trabalhando a área de artes e história, ao atravessar a Catedral e o marco zero da cidade, concluindo essa parte no icônico mirante do edifício Martinelli. O intuito dessa caminhada foi os alunos conhecerem alguns pontos importantes de nossa cidade e registrá-los fotograficamente para atividades posteriores. Para os docentes que acompanharam os jovens, sobretudo com a subida ao mirante do Martinelli, isso propiciou uma interessante visão de São Paulo, somado ao fato de que um guia do Condomínio forneceu-lhes informações sobre o mesmo, como o período da construção, o que simbolizou para a época, decadência e resgate do patrimônio histórico. “Eles foram com um roteiro para ser respondido, durante a visitação, com informações que serão resgatadas quando estudarmos o crescimento de São Paulo no início do século 20, sendo que o foco reside no questionamento do que é patrimônio histórico”, explicou Melanie.

Outra parada bem interessante foi a Bovespa. No local, assistiram a um filme em 3D, palestra e a um pregão, sendo que alguns alunos serão convidados a simular aplicações em ações no ‘Desafio BM&F\BOVESPA’, concorrendo com outras escolas. Posteriormente, nas aulas de Educação Financeira, os alunos criarão empresas fictícias, visando a fixação dos conceitos de sustentabilidade e responsabilidade social, e simularão uma bolsa de valores interna ao Colégio.

Essa parte da excursão objetivou desconstruir a ideia de que o Mercado de Capitais é algo distante e incompreensível, aproximando-os da dinâmica de seu funcionamento; reforçar a compreensão de conceitos como: capitais, ações, mercado de capitais, investimento e especulação – a partir da vivência no mundo real; reconhecer as relações entre a Nova Ordem Mundial e os princípios que regem a economia global; perceber a participação do Brasil na economia global considerando aspectos positivos e negativos e verificando potencialidades que poderiam ser desenvolvidas e que modificariam este quadro.

Para Melanie, “tudo isso permitiu que a turma tivesse um maior conhecimento da cidade onde vivem, a partir do uso do metrô, da visita ao Centro e a alguns importantes patrimônios históricos, além de estimular uma visão crítica sobre a ideia do que seja isso”. E acrescenta: “Poucos adultos tiveram essa oportunidade que eles conquistaram hoje, ao visitar a bolsa de valores, e mais ainda, com isso, quebrar tabus e paradigmas, aproximando-os do que hoje pontua, de fato, nossa economia”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s