Revista Transformar Online

Já está disponível no site da Unibes a versão digital da Revista TransFormar. Uma publicação coletiva produzida exclusivamente pelos jovens da Capacitação Profissional da entidade. Confira as edições 6 e 7 e aguarde a divulgação das publicações anteriores. Confira: http://www.unibes.org.br/revista.html

Anúncios

WIZO Mundial comemora 92 Anos

WIZO, Women’s International Zionist Organization, foi fundada em 1920 por Lady Rebecca Sieff na Inglaterra, em 11 de julho de 1920. Hoje a WIZO existe em 51 países do mundo.

No Brasil, a WIZO, através de seus 11 centros espalhados pelo país, apoia obras assistenciais locais,realizando um importante trabalho de intercâmbio entre Brasil e Israel. Centros WIZO no Brasil: Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Em 2008 a WIZO foi agraciada com o Prêmio Israel como reconhecimento pelo seu trabalho na promoção do bem-estar social. Trata-se da mais alta honraria outorgada pelo Governo Israelense a pessoas e entidades que se sobressaem em seu campo de ação ou que contribuem para a cultura do país.

Evento no Rio marca 70 anos da entrada do Brasil na 2ª Guerra

Uma Estrela de David e placa alusiva aos 70 anos da entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial serão oferecidas pela Confederação Israelita do Brasil (Conib) e Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro (FIERJ) ao Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial (conhecido como Monumento aos Pracinhas, no Parque do Flamengo, RJ). Em 1942, o Brasil se uniu à luta das democracias contra o nazi fascismo, ao serem torpedeados navios mercantes nacionais, o que motivou a entrada do Brasil na guerra.

Será uma homenagem  aos combatentes brasileiros de Terra, Mar e Ar, no Mausoléu do subsolo que abriga os túmulos de 467 soldados que tombaram na Itália em 1944/45, e os nomes gravados no mármore de mais de 1400 civis e militares desaparecidos no mar, em consequência da blitz submarina que atingiu 33 navios mercantes nacionais. Apenas em agosto de 1942 seis navios foram torpedeados em quatro dias, desaparecendo no mar 600 patrícios inocentes. Diante do clamor popular, em 31 de agosto de 1942 o Governo Vargas reconheceu o estado de beligerância com as Potências do Eixo.

A Diretoria de Cidadania da FIERJ, comandada na Gestão Sarita Schaffel (2011-2012) por Israel Blajberg, desenvolveu a ideia em parceria com o Monumento, agregando a Estrela de David ao ambiente de religiosidade do Mausoléu. O projeto tem o apoio da DPHCEX – Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural do Exercito. A inauguração se dará por ocasião do 52º. Aniversário do Monumento e Troca da Guarda Festiva.

A Estrela de Davi em metal amarelo, idealizada pela artista plástica Ruth Kac, tem 72 cm,  simbólico por ser múltiplo de 18,  cuja representação numérica hebraica forma a palavra Chai (vida).  A artista guarda ainda ligação sentimental com a obra, como filha do Tenente Abrahão David Bregman.

A cerimônia ocorrerá logo após a Troca da Guarda entre a Força Aérea Brasileira e o Exército Brasileiro, domingo, 5 de agosto de 2012, às 10h. Após a solenidade, os convidados serão recebidos no Museu do Monumento. RSVP: 2236-4367. E-mail. fierj@fierj.org.br.

 

 

Ten Yad inaugura salão de festas

O Ten Yad inaugurou em sua sede o salão de festas “Orá Vessimchá” (“Luz e alegria” em hebraico) com uma festa de casamento oferecida aos usuários dos programas de segurança alimentar. Com uma estrutura completa para eventos, incluindo recursos multimídia, o espaço presta-se então para garantir que todos tenham a oportunidade de festejar e celebrar momentos felizes.

CIP oferece curso para aprimoramento de líderes educadores

A Congregação, em parceria com a Fundação Arymax e a WUPJ-LA, oferece à comunidade judaica uma nova e importante ferramenta para o futuro da educação comunitária.

O Shidrug tem como objetivo atualizar e aprofundar conteúdos judaicos e temas ligados aos desafios da educação judaica junto aos madrichim que se destacaram e que pensam em seguir uma carreira profissional como educadores ou como líderes voluntários na CIP e na comunidade judaica geral.

O curso tem duração de um ano com quatro seminários intensivos, dez aulas presenciais e uma viagem de duas semanas à Israel. É conduzido por profissionais especializados na área de educação judaica e pelos rabinos e profissionais de educação da CIP.

Para inscrever-se, o candidato deve ter entre 20 e 30 anos de idade e ter atuação de destaque nos últimos anos como madrich e líder em movimentos juvenis e outros marcos comunitários.

A seleção será feita por uma comissão formada por representantes de diversas áreas de liderança profissional e voluntária da CIP em conjunto com uma equipe acadêmica de prestígio.

Os critérios de seleção incluirão criatividade, compromisso com o ativismo comunitário, com o judaísmo e o sionismo, pró-atividade, motivação, desempenho, capacidade de liderança e trabalho em equipe.

Para mais informações, entre em contato através do email shidrug@cip.org.br.

Shabat em homenagem aos 80 anos da B’nai B’rith

O casal Ernesto e Ana Célia Rymer recebeu amigos e membros da B’nai B’rith para um Oneg Shabat, em homenagem aos 80 anos da instituição no Brasil. Compareceram cerca de 80 pessoas, destacando-se o vice-presidente da FIERJ, Hélio Koifman, representando a presidente Sarita Schafel, Suzana e Miguel Grinspan, Sonia Liskier, presidente da Naamat Pioneiras, Jacob Zajdhaf e esposa, Claudio Gomma, presidente da B’nai B’rith-Rio e esposa e praticamente toda a Loja Herut. A Loja Albert Einstein, a mais antiga em funcionamento no Brasil, esteve representada por Alfredo Pletki e Jorge Doctorov.

O evento, organizado por Goldina Christof, Geni Bluvol, Mira Janiuk, Luisa Gudel Lischinsky e Fanny Levin e com a generosidade do casal Rymer foi abrilhantada pela apresentação do menino Tiê Kuhl e Machado, que tocou trechos de O Violinista no Telhado.

Jayme Gudel abriu a noite agradecendo ao casal Ana Célia e Ernesto Rymer a acolhida em sua residência. O shabat teve início com um Kidush. Depois houve a apresentação musical de Desirée Mayr e sua filha Tabatha, acompanhadas pelo violinista Tiê. Após um saboroso jantar de confraternização, o ministro Waldemar Zveiter falou sobre “O que representa ser da B’nai B’rith”.  

Unibes faz importantes parcerias

A Unibes fechou uma parceria de sucesso: O Instituto Cyrela é o patrocinador do curso “Eletricidade de Residências” realizado pela Unibes em parceria com a Universidade São Judas Tadeu.

O curso, que existe desde o ano passado na grade da Capacitação Profissional, oferece vagas para jovens de 16 a 29 anos que tenham interesse em se profissionalizar nesta área.

O patrocínio foi celebrado em um almoço especial organizado por Gabriel Zitune, vice-presidente da instituição. Durante o evento, Célia Kochen Parnes, a presidente da UNIBES, e Aron Zylberman, diretor do Instituto Cyrela, assinaram o contrato e comemoraram ao lado de Fernando Duch, diretor de extensão da Universidade São Judas Tadeu, mais esta grande conquista.

Outra parceira foi feita esta semana, dessa vez entre a Unibes e a Secretaria Municipal de Assistência Social – SMADS/ CRAS Sé, e assumiu o Serviço de Assistência Social à Família – SASF Helvetia localizado na região central de São Paulo.

A parceria, com completa cobertura de recursos providos pelo convênio público, amplia o serviço da instituição em respeito à lei do Sistema Único de Assistência Social, que determina a universalidade no atendimento à população.

Com uma equipe de 16 profissionais, entre eles assistentes sociais, orientadores socioeducativos, psicóloga e pedagoga, a unidade irá atender mais 1.000 famílias do Bom Retiro e Santa Cecília que vivem em situação de vulnerabilidade social e são cadastradas nos programas públicos de transferência de renda (Bolsa Família, Bolsa Escola, DPC, entre outros). O trabalho social realizado na SASF visa o resgate e fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, a promoção do conhecimento e a preservação dos direitos de cidadania.

Estavam presentes ao evento, a presidente da Unibes, Célia Kochen Parnes, a coordenadora da equipe de Proteção Social Básica do CRAS Sé, Idalina Helena Villas Boas Menezes, a gerente do departamento do Serviço Social, Arlete A. Nago, a gerente da nova unidade, Sandra Silva, e toda sua nova equipe de trabalho.