CJL realiza encontro na Argentina sobre terrorismo

Pelo sexto ano consecutivo, uma iniciativa do Congresso Judaico Latino-Americano, presidido pelo brasileiro Jack Terpins, reuniu em 17 e 18 de julho legisladores de países da América do Sul para comparar experiências sobre leis contra o terrorismo que permitem consolidar a convivência pacífica e defender seus cidadãos do terrorismo. Mais de 40 parlamentares de diversos países da América do Sul se reuniram, este ano no Senado argentino, e foram encabeçadas pelo presidente do mesmo e pelo vice-presidente do país, Lic. Amado Boudou.

Do Brasil, participaram o presidente do Congresso Judaico Latino-Americano, Jack Terpins; o governador da Bahia, Jaques Wagner; o assessor da Presidência da Conib, Daniel Borger; e Mauricio Szporer, presidente da Sociedade Israelita da Bahia.

O programa teve uma conferência especial sobre o estado da investigação do caso AMIA, no marco do 18º aniversário do atentado

O encontro se dá no marco do 18º aniversário do atentado à Associação Mutual Israelita Argentina e  homenagem à memória de suas  85 vítimas. Por isso, o programa teve uma  conferência especial sobre o estado da investigação do caso da AMIA, pelo seu encarregado geral  Alberto Nisman, e uma palestra do ex-presidente do Uruguai Julio María Sanguinetti.

Os parlamentares latino-americanos participaram  em 18 de julho do ato central de recordação às vítimas da AMIA, seguido de uma visita ao local, onde assinaram uma declaração conjunta contra o terrorismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s