Núcleo de Mediação da Na´amat Pioneiras São Paulo completa dois anos de funcionamento

A Na’amat Pioneiras Sao Paulo comemora dois anos de criação e funcionamento do Núcleo de Mediação. Coordenado pelas voluntárias Dora Petresky e Joyce Markovits, o núcleo conta com um grupo de voluntárias capacitadas e com formação em mediação de conflitos, que trabalham com a metodologia exigida para este tipo de trabalho, dentro dos princípios de ética e sigilo.

Mediação e um método colaborativo de resolução de conflitos em que um terceiro independente e imparcial coordena reuniões conjuntas ou separadas com as partes envolvidas no conflito, ajudando-os a encontrar na diferença os interesses comuns. Oferece ferramentas para a resolução de conflitos de forma construtiva e criativa tendo como base o diálogo e a reflexão.

Durante estes dois anos o Núcleo de Mediação atendeu inúmeros casos de diferentes escolas e organizações da comunidade, encaminhados através  de seus departamentos de serviço social ou jurídico. Realizou palestras esclarecedoras sobre o tema e também o treinamento dos profissionais do Lar das Crianças.

As famílias ou pessoas que frequentam escolas ou organizações de nossa comunidade podem ser encaminhadas para atendimento quando forem detectados por profissionais destas organizações situações de conflitos que podem se beneficiar desta metodologia.

Detectado o conflito é solicitado o agendamento através do fone (11) 3667. 5247 quando é realizada uma sessão de pré-mediação. Após a aceitação das partes, inicia-se o processo, que consta de seis  a oito sessões. Ao final do atendimento, a organização recebe um feedback detalhando o número de sessões realizadas, os nomes de quem participou  e se houve acordo ou não, sendo que  o conteúdo das conversas é totalmente sigiloso.

Aqueles que desejarem saber melhor sobre o Núcleo de Mediação podem entrar em contato com Na’amat Pioneiras São Paulo, pelo fone 3667. 5247 ou pelo email naamat@naamat.org.br.

 

Anúncios

Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria promove palestra com Lottenberg

A Câmara Brasil Israel de Comércio e Indústria promove no dia 8 de agosto,  das 12h às 14h30, na Associação Brasileira A Hebraica,  almoço-palestra com o Dr. Claudio Lottenberg, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein, que falará sobre o polêmico tema  “O Futuro da Saúde: Tecnologia e/ou Humanização. O que nos espera?”.

Presidente do Hospital Israelita Albert Einstein e da Confederação Israelita do Brasil e vice-presidente do Conselho Deliberativo da Câmara Brasil Israel de Comércio e Indústria, Dr. Claudio Luiz Lottenberg é mestre e doutor em Oftalmologia, graduado pela Escola Paulista de Medicina e professor co-orientador do curso de pós-graduação em Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo, além de  professor titular  do curso de MBA em Saúde do IBMEC, São Paulo. Além disso, foi Secretário Municipal de Saúde de São Paulo na gestão de José Serra.

Os lugares são limitados. Inscrições pelo e-mail eventos@cambici.org.br ou pelo telefone (11) 3063.4424.

 

CJL realiza encontro na Argentina sobre terrorismo

Pelo sexto ano consecutivo, uma iniciativa do Congresso Judaico Latino-Americano, presidido pelo brasileiro Jack Terpins, reuniu em 17 e 18 de julho legisladores de países da América do Sul para comparar experiências sobre leis contra o terrorismo que permitem consolidar a convivência pacífica e defender seus cidadãos do terrorismo. Mais de 40 parlamentares de diversos países da América do Sul se reuniram, este ano no Senado argentino, e foram encabeçadas pelo presidente do mesmo e pelo vice-presidente do país, Lic. Amado Boudou.

Do Brasil, participaram o presidente do Congresso Judaico Latino-Americano, Jack Terpins; o governador da Bahia, Jaques Wagner; o assessor da Presidência da Conib, Daniel Borger; e Mauricio Szporer, presidente da Sociedade Israelita da Bahia.

O programa teve uma conferência especial sobre o estado da investigação do caso AMIA, no marco do 18º aniversário do atentado

O encontro se dá no marco do 18º aniversário do atentado à Associação Mutual Israelita Argentina e  homenagem à memória de suas  85 vítimas. Por isso, o programa teve uma  conferência especial sobre o estado da investigação do caso da AMIA, pelo seu encarregado geral  Alberto Nisman, e uma palestra do ex-presidente do Uruguai Julio María Sanguinetti.

Os parlamentares latino-americanos participaram  em 18 de julho do ato central de recordação às vítimas da AMIA, seguido de uma visita ao local, onde assinaram uma declaração conjunta contra o terrorismo.

Conib é eleita para o comitê executivo da Memorial Foundation

Fernando Lottenberg, secretário-geral da Conib, participou este mês em Varsóvia de reunião do conselho administrativo da Memorial Foundation for Jewish Culture.

No encontro, a Conib foi eleita para compor o comitê executivo da fundação pelos próximos três anos. Além disso, foi definido que São Paulo sediará um seminário para jovens em janeiro de 2013, o Nahum Goldmann Fellowship, que terá como tema a identidade judaica e questões regionais das comunidades latino-americanas.

A Memorial Foundation foi fundada em 1965 com fundos de reparação por parte do governo da então Alemanha Ocidental. Seu objetivo inicial foi a reconstrução da vida cultural judaica em todo o mundo após o Holocausto.

Hoje, ela busca preservar a distinção cultural judaica, apoiando a formação de líderes comunitários e profissionais competentes. Por meio de bolsas de estudo, visa promover a conexão judaica globalmente e desenvolver o capital social do povo judeu.

Comunidade Shalom promove concerto em São Paulo com pianistas israelenses

No dia 19 de agosto, os músicos da Universidade de Tel-Aviv vão se apresentar no Projeto Multipiano.

A Comunidade Shalom e a Sociedade Brasileira dos Amigos da Universidade de Tel Aviv  oferecem ótima oportunidade cultural para a cidade de São Paulo, ao trazerem  quatro excelentes pianistas da prestigiosa  Escola de Música Buchmann-Mehta.

A escola faz parte faz parte da Universidade de Tel-Aviv e tornou-se realidade em 2005 graças à generosa doação do empresário Josef Buchmann e a visão do Maestro Zubin Mehta, que tem estado ativamente envolvido na Escola desde a sua criação e conduz a orquestra da escola regularmente.

O maestro Zubin Mehta é o renomado e talentoso regente vitalício da Orquestra Filarmônica de Israel, e, recentemente, patrono da Orquestra Sinfônica de Heliópolis, São Paulo.

A Escola Buchmann-Mehta prepara as futuras gerações de músicos de Israel em todos os domínios musicais: execução, canto, regia, composição e pesquisa teórica, enfatizando a formação de uma nova geração tocadores de orquestra – uma cabedal de músicos para a Orquestra Filarmônica de Israel e outras orquestras  internacionais.

Um programa de bolsas concedido a alunos que se destacam, incluindo sete brasileiros, permite que os jovens músicos se dediquem integralmente aos estudos e à prática.

Nesta viagem para o Brasil, quatro virtuoses virão se apresentar no Projeto Multipiano, uma forma inovadora de tocar, em que os pianistas por vezes tocam juntos num mesmo instrumento extraindo toda a sua potencialidade. Esta linguagem mais vibrante tem expandido o horizonte da música clássica angariando novos admiradores entre uma população mais jovem. O próprio maestro Zubin Mehta apoia e recomenda fortemente este projeto.

Entre os quatro talentosos pianistas que virão para se apresentar no Brasil, o projeto contará com a presença do célebre Tomer Lev, primeiro diretor da Escola de Música Buchmann-Mehta e pianista reconhecido internacionalmente. Também estará em São Paulo a jovem, mas já aclamada, Berenika Glixman, que apresentou-se como solista com a Orquestra Filarmônica de Israel sob a regência de Zubin Mehta, além de dois jovens já estrelas em seus domínios, Yuval Gilad, recentemente aceito no Programa de Jovens Artistas do Carnegie Hall, de Nova York, e  Daniel Borovitzky, vencedor de grandes competições internacionais, como a Competição Jovem Piano, em São Petersburgo, Rússia, e a compe­tição de piano Rigei Si, em Israel. Na apresentação, haverá momentos em que os quatro pianistas tocarão ao mesmo tempo nos dois pianos de cauda em cena.

No concerto, que acontecerá na Comunidade Shalom no dia 19 de agosto às 18h30, os presentes poderão apreciar obras de Rachmaninoff, Bach,   Tchaikovsky, Rossini e outras belas peças para pianos.

No local haverá monitores especiais para crianças de 3 a 7 anos – assim seus pais poderão assistir ao concerto sem preocupações. Ingressos podem ser adquiridos na Comunidade Shalom com Leny – leny@shalom.org.br ou pelo telefone 3847-0008.